Muitos leitores me mandaram e-mails querendo saber a minha opinião sobre a “moda” de fazer almofadas sem costura. E, de tanto me perguntarem se a ideia era legal mesmo, eu resolvi fazer um post dando a minha opinião sobre o assunto.
 
Lembro bem que, na primeira vez que eu recebi um e-mail sendo questionada sobre isso, eu fiquei muito curiosa, me perguntando: como assim? 
Então, eu comecei a pesquisar. E, durante a minha busca eu descobri uma infinidade de blogs gringos e nacionais, além de vídeos no youtube, todos no melhor estilo DIY, ensinado os leitores a fórmula “mágica”.
 
E olhem, eu vi de tudo um pouco: 
* Almofadas feitas com cola para tecido;
* Almofadas feitas com cola quente;
* Almofadas feitas com fita dupla face…
 
Um exemplo disso está aqui:
Blog: homeyohmy
E confesso que eu fiquei um pouco preocupada com essa facilidade toda em fazer algo que, para mim, não é tão simples assim. 
 
Por quê? Bem, porque quem ama seu lar e o quer sempre bonito, não vai querer fazer algo só para fazer “uma vista” para as visitas, não é?
 
Leiam bem: eu estou falando de lares reais! 
De casa com crianças, que adoram brincar no sofá; De lares onde o maridão adora dobrar a almofada sob a cabeça; De lares onde o seu pet vira e mexe sobe no sofá ou na sua cama sem sua permissão. Estou falando de lares onde esse tipo de peça é lavada em casa, seja na mão ou em uma máquina de lavar.
E, pensem bem: nos lares “reais”, como o meu ou seu elas durariam? No meu, não!
 

Quer fazer um carinho ao seu lar doce lar com almofadas lindas, do jeitinho que sempre sonhou? Ótimo! tenho certeza que ele vai adorar! =)

Então, compre o material necessário e solicite a uma amiga, uma tia, uma avó, a sua mãe que tenham máquina de costura ou saibam costurar, para fazerem para você. Ou se você puder ($$$) pague para aquela costureira de sua confiança para fazê-las do jeitinho que sempre sonhou.
Outra, se você não quer nada tão exclusivo ou personalizado, veja as opções prontas em lojas como: Riachuelo. Vai por mim, até mesmo no comércio popular da sua cidade você vai encontrar algo que caiba no seu bolso e que deixe a sua casa mais bonita!
 
E antes que comecem a falar que eu estou me contradizendo ao pensar assim, pois sou simpatizante do faça- você- mesmo, eu te digo: Antes de tudo, para mim, uma decoração bacana é aquela que eu chamo: pé no chão!
Eu sei, por experiência própria, que nem todas as ideias que vemos por aí são úteis de verdade, que nem sempre elas funcionam no dia a dia, como parecem. É uma questão de pensar e filtrar o que é bom ou não, de acordo com a sua realidade e a sua necessidade, sabe?
 
Afinal, neste caso, quem não quer curtir seu sofá ou sua cama, com aquela almofada gostosa e confortável sem ter que se preocupar se ela vai se desfazer toda, levanta a mão, aí?
Eu quero!!!!
 
Beijos,
Mari. 

Comente:

comentários