Eu sou apaixonada pela minha casa. E acho que todo mundo deveria sentir o mesmo pelo lugar onde vive. Porque é na nossa casa onde estão as melhores coisas da nossa vida. E quando digo as melhores, não falo de bem material, falo de lembranças, de memória, de pessoas. 
Esse amor todo que eu sinto pela minha casa tem vários significados: Primeiro, porque ela foi um sonho construído a dois, e que deu tão certo… E segundo, porque não foi dos sonhos mais fáceis de se realizar. Quem tem casa própria e não é rico, sabe, comprar um imóvel pra chamar de seu, requer muito trabalho e paciência. Mas no final, o esforço valeu e o sonho se realizou.
 
Hoje, quem visita meu canto sente esse calor todo que ela exala por conta desse amor tão grande. 
 
 
 
E por ela espalhei as melhores e mais doces lembranças: as minhas, as do Fa, as que conquistamos quando ainda nem nos conhecíamos e, também, as que conquistamos juntos. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
E foi assim que a nossa casa se tornou, nesses dois anos, um refúgio, nosso refúgio colorido.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
E hoje eu acordei, olhei para os lados, e me senti assim, feliz. E como uma vontade de dizer pra ela: Como é grande o meu amor, por você…
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Uma terça bem in love pra você também!
Mari.
 

Comente:

comentários